google-site-verification=A0bAH_hj0jw3rMm7ta_7X9S41Qie9Kbg6IKBo22t2zg Universo de Poliana: a origem do batom Google+ Tweet
Universo de Poliana

Universo de Poliana

Mostrando postagens com marcador a origem do batom. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador a origem do batom. Mostrar todas as postagens

A Origem do Batom

1
 Batom Gold Por R$ 10,00 ou em até 10X de R$ 1,00 sem juros.

Batom: Você Sabe Como Surgiu?


Todas as mulheres gostam de um batom para realçar a beleza feminina.Mas, você sabe a origem do batom?

O batom é um cosmético usado para dar cor aos lábios. Com ou sem brilho, realça a boca e é disponível em várias cores e marcas, adequando-se a diversos gostos. O nome vem do francês bâton, literalmente "bastão", embora o cosmético não seja chamado assim em francês. (FONTE: Wikipédia)

De acordo com a história, as mulheres da antiga Mesopotâmia foram, provavelmente, as primeiras a usarem e inventarem o batom.

As mulheres da antiga Civilização do Vale do Indu e do Egito Antigo, usavam pigmentos vermelhos extraídos de algas, iodo e uma substância conhecida como bromo manitol, que causa graves problemas de saúde.


A história do batom na Inglaterra começou no século 16, durante o reinado da rainha Elizabeth I. Naquela época, ter os lábios vermelhos e brilhantes e o rosto branco e austero era moda. Eles misturavam cera de abelha e extratos de ervas com pigmentos vermelhos para fabricar o batom. Só as mulheres da alta sociedade e os homens que eram atores(acreditem! os homens!), usavam maquiagem. No final do século 19, Guerlain, uma empresa francesa de cosméticos começou a fabricar esse acessório de maquiagem. Surgia, então, o primeiro batom comercial, em 1884, fabricado por perfumistas franceses em Paris, França. Era coberto com papel de seda, e feito, originalmente de sebo de veado, óleo de rícino e cera de abelha.


Nos estados Unidos, por volta do século 19, o batom era fabricado a partir de uma erva nativa do mexico e da América Central,conhecida como cochonilha, da qual se extraía um corante conhecido como carmin. Esse batom não era como esses nossos de hoje, em tubos, mas era aplicado com pincel.

Naquela época o batom não era de uso diário e só atores e atrizes teatrais saíam em público de batom.

Na década de 1890 o carmin foi misturado com cera e óleo, o que resultou em maior aceitação entre as mulheres pois dava uma aparência mais natural ao rosto feminino.

O batom era vendido em tubos de papéis, papéis coloridos ou em pequenos frascos.

O batom começou a ser comercializado pelas mulheres americanas por volta de 1915 e era vendido em tubos metálicos, inventados por Maurice Levy. Para usar era necessário deslizar uma alavanca pequena na lateral do tubo com a ponta dos dedos, para mover o batom para cima, até o topo do cilindro.


E aí, gostou de saber dessa curiosidade? Então deixe seu comentário. Até a próxima.